domingo, 30 de maio de 2021

Em dia de protestos contra o governo, Bolsonaro volta a dizer ser ‘imorrível’

No dia em que milhares de brasileiros de diversas cidades foram às ruas protestar contra o governo federal, o presidente Jair Bolsonaro evitou comentar diretamente os atos em suas redes sociais e preferiu publicar dados sobre a vacinação contra a covid-19, exportação de mármore e projetos ferroviários. Sem citar os atos, postou uma foto nas redes sociais na qual aparece ao lado das palavras “imorrível, imbroxável, incomível” (sic).

A postagem faz referência a uma fala de Bolsonaro em situações anteriores. Em 17 de maio, um apoiador cearense que estava em frente ao Palácio do Planalto lhe perguntou sobre o seu estado de saúde. Ele então respondeu que era “imorrível, imbrochável, incomível” (sic). Anteriormente, em janeiro, ele já havia falado a apoiadores em Brasília que apesar de problemas para governar, era “imbrochável” e que “só papai do céu me tira daqui”, referindo-se à Presidência da República.

Os manifestantes que foram às ruas neste sábado, 29, criticam a gestão da pandemia pelo governo federal, além de pedir pela volta do auxílio emergencial de R$ 600, pela aceleração na vacinação em massa e pelo impeachment de Bolsonaro. Em São Paulo, os manifestantes se concentraram na Avenida Paulista e desceram pela Rua da Consolação até o centro da cidade. No Rio, os protestos tomaram as principais vias do centro da cidade.
Isto é

sábado, 29 de maio de 2021

Festa com mais de 600 pessoas é desmobilizada por fiscalização em Contagem

Equipes de fiscalização de Contagem, na Grande BH, desmobilizaram uma festa com mais de 600 pessoas que ocorria na noite deste sábado (29) no clube Parque Aquático da Fonte, no bairro Tupã. Os responsáveis foram identificados e autuados e, segundo a própria Guarda Municipal, a multa pode variar entre R$ 7 e R$ 35 mil.

A fiscalização aconteceu por volta das 21h30 após denúncia e, de acordo com a Guarda Municipal, a festa acontecia há cerca de uma hora. Tratava-se de um evento comercial que cobrou R$ 20 de entrada para as mulheres e R$ 30 para os homens - prática esta que é considerada ilegal no Brasil desde 2017.

De acordo com a Guarda Municipal de Contagem, o movimento foi grande durante a desmobilização do evento. Havia muitos carros estacionados e um congestionamento chegou a se formar na Via Municipal José Veridiano Montarroyos.

O local não tinha alvará de funcionamento e, por isso, foi embargado e interditado. Os convidados e os responsáveis, que não cumpriam nenhum protocolo sanitário para evitar a disseminação da Covid-19, também não apresentaram resistência durante a abordagem da fiscalização. De acordo com a guarda, apenas alguns funcionários do evento usavam máscara.

O funcionamento de casas de shows e boates estão proibidos na cidade. Desde o último dia 7, no entanto, estão permitidas as realizações de festas em "buffets e espaços infantis" até as 23h, com duração máxima de cinco horas e sem cobrança de ingresso.

De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pela Prefeitura da cidade neste sábado (29), a ocupação de leitos de UTI Covid na cidade está em 94%, em nível de alerta vermelho, enquanto os de enfermaria estão 67% ocupados, no estágio amarelo.

O G1 entrou em contato com o clube Parque Aquático da Fonte e com a Prefeitura de Contagem, que não se posicionaram até a última atualização desta reportagem.
G1

Todos os estados e o Distrito Federal registram manifestações contra governo Bolsonaro


Na cidade do Rio de Janeiro, os manifestantes realizaram um protesto no Centro. Por volta das 10h, já havia a concentração de um grupo de participantes na estátua do Zumbi de Palmares, na Praça Mauá. Às 11h20, os manifestantes começaram a caminhada pela Avenida Presidente Vargas, em direção à Candelária.

Em Petrópolis, na Região Serrana do Rio, foram registrados atos contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e a favor de causas como a aceleração do ritmo da vacinação, a defesa do auxílio emergencial e a valorização da educação e da saúde no país.

Rio Grande do Norte

Em Natal, os manifestantes reivindicaram o impeachment do presidente, a compra de vacinas contra Covid-19 e mais investimentos na educação.

A concentração começou por volta das 15h na esquina do Midaway Mall. De lá, os manifestantes partiram em caminhada pela BR-101 em direção à Zona Sul da capital.
G1


ONU: Portugal, berço da língua, destaca impacto global do idioma

Este 5 de maio é o Dia Mundial da Língua Portuguesa. Desde 2020, a data é marcada em nível global após uma resolução da Unesco (Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura), que reconheceu o valor internacional da língua.

Falada num universo de 285 milhões de pessoas em quatro continentes, o português é língua oficial de nove países: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.

Nesta mensagem, gravada para celebrar a data, o embaixador de Portugal junto à ONU, em Nova York, Francisco Duarte Lopes, disse que o idioma é uma grande ponte de amizade entre povos e culturas.“A designação do dia 5 de maio como Dia Mundial da Língua Portuguesa foi um reconhecimento do seu alcance e do seu impacto verdadeiramente global. A língua portuguesa é uma ponte que cruza todo o oceano, liga todos os continentes, a sua riqueza provém também desta diversidade”, disse.

“Este valor é bem representado pelo dinamismo da CPLP, a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa”, pontuou. Segundo o governo de Portugal, as comemorações este ano ocorrerão em 44 países e contam com pelo menos 150 atividades.

Os organizadores são a Cplp e o Instituto Camões, da Cooperação e da Língua, ambas as entidades com sede em Lisboa. Em Nova Iorque, Cabo Verde, que ocupa a presidência rotativa da Cplp, está organizando um evento com todos os países lusófonos.

O encontro deve contar com a participação de acadêmicos e da subsecretária-geral para Comunicação Global, Melissa Fleming. Para o embaixador de Portugal, a comemoração em Nova Iorque é também uma prova da contribuição do português para o multilinguismo.
Primeira língua globalizada

“Aqui, no contexto das Nações Unidas, é muito importante celebrar o Dia Mundial da Língua Portuguesa. Como sinal visível do multilinguismo, como testemunho de diversidade, inclusão e solidariedade e também como mais um passo para reforçar o papel da nossa língua no universo das Nações Unidas”.

Considerada a primeira língua a ser globalizada no mundo, o português ultrapassou fronteiras com as Grandes Navegações da Ásia às Américas passando pela África.

Hoje, o português é também língua oficial em Macau, na China, e falado como língua materna ou língua de herança por pelo menos 7 milhões de pessoas na diáspora, segundo dados do Instituto Internacional de Língua Portuguesa, Iilp, que tem sede em Cabo Verde.

quinta-feira, 27 de maio de 2021

Brasil poderia ser 1º a vacinar no mundo, diz Dimas Covas

O presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, afirmou nesta quinta-feira à CPI da Covid que em julho de 2020 foram oferecidas ao governo federal 60 milhões de doses da CoronaVac, a serem entregues ainda no último trimestre do ano passado, e que o Brasil poderia ter sido o primeiro país do mundo a começar a imunização contra a covid-19, mas não houve resposta por parte do Ministério da Saúde.
Segundo Covas, em agosto o Butantan pediu ainda apoio do governo federal em recursos para o estudo clínico da vacina da chinesa Sinovac no Brasil e 80 milhões de reais para reforma do laboratório para ampliar a capacidade de produção, o que também não teve resposta.Covas confirmou ainda que as negociações avançaram a partir de outubro, com a promessa de entrega de 100 milhões de doses, e intensas negociações entre as equipes técnicas do ministério e do instituto. O presidente do Butantan disse que chegou a ser convidado pelo então ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, para um evento em que a CoronaVac seria anunciada como "vacina do Brasil", mas que o acordo foi desfeito após declaração do presidente Jair Bolsonaro.

"O outro dia de manhã, infelizmente, essas conversações não prosseguiram porque houve uma manifestação do presidente da República dizendo que a vacina não seria incorporada", disse Covas.Segundo ele, o atraso na negociação com ministério atrasou o cronograma e o Brasil perdeu posição na lista de atendimento por parte da SinoVac, o que levou a um atraso em todo o fornecimento e no início da vacinação, que só ocorreu em janeiro deste ano.

"O Brasil poderia ter sido o primeiro país a começar a vacinação não fossem esses percalços", afirmou. "Poderíamos ter começado antes, seguramente, se houvesse agilidade maior de todos os atores, se tivéssemos trabalhado juntos".
Terra

Após denunciar tenente, soldado assediada e ameaçada de estupro deixa carreira e é exonerada

Jéssica Paulo do Nascimento, de 28 anos, foi exonerada da Polícia Militar nesta quarta-feira, após decidir deixar a carreira. A soldado tomou a decisão um mês depois de denunciar um tenente por assédio sexual e ameaças de morte e estupro.

A mulher contou que tomou a decisão após sofrer pressão de seus colegas e dos superiores, justamente devido à repercussão do caso. "Pensei que denunciando eu teria alguma paz, mas foi diferente. Sofri uma pressão muito difícil", declarou em entrevista ao G1.Jéssica relatou ter sido perseguida na corporação. Ela contou que foi desarmada, escalada para trabalhos na rua à noite mesmo denunciando ameaças de morte, recebeu negativas para pedidos de transferência e foi chantageada sobre as férias às quais teria direito.

"Foi uma decisão difícil. Eu saí do meu estado, Rio de Janeiro, para realizar esse sonho em São Paulo. Logo agora que tomei coragem para expor o que passava, não tive mais paz", disse.

A soldado revelou ter recebido advertências internas por dar entrevistas sobre a denúncia e que pediu afastamento por abalo psicológico, mas foi informada pelo médico da Polícia Militar que "só lhe daria alguns dias se o comandante dela autorizasse".

“Foi a melhor decisão a ser tomada”, considerou. “Saio com ótimo comportamento, não respondendo a processos. Se eu ficasse, eu iria tomar advertência atrás de advertência e seria expulsa, manchando minha reputação.”
Relembre o caso

Jéssica denunciou em abril o tenente-coronel Cássio Novaes, que foi afastado enquanto a investigação é conduzida pela Corregedoria da PM. Ele atuava na capital paulista enquanto Jéssica está atualmente lotada no 45° Batalhão da Polícia Militar do Interior (BPM/I), em Praia Grande, no litoral de São Paulo.

De acordo com a soldado, em 2018, quando Novaes assumiu o comando do Batalhão da Zona Sul de SP, ele passou pelas companhias para se apresentar aos policiais. Após conhecê-la, o tenente-coronel teria convidado Jéssica para sair na primeira oportunidade em que se viu sozinho com ela.Ela disse ao superior que era casada e tinha filhos, recusando o convite. "Depois desse dia, minha vida virou um inferno", desabafa a soldado, que relatou a humilhação em frente aos seus colegas e até sabotagem por parte de Novaes.
Soldado chegou a afastar-se

Jéssica ficou dois anos e meio afastada do serviço para evitar contato com o tenente. A licença foi encerrada no mês retrasado e ela precisou voltou ao trabalho. Na sequência, Novaes teria conseguido o telefone dela e recomeçado o assédio.

Segundo ela, o comandante prometia sustentar os filhos da soldado, dar uma promoção para ela dentro da corporação e a transferência que ela queria para o litoral paulista.

"Eu pensei que precisava de provas porque ele sempre ia fazer isso e ninguém ia acreditar. Entrei em contato com um advogado e ele me orientou a ver até onde ele iria, deixando ele falar", conta. "Foram coisas muito baixas. Me ameaçou de estupro", afirmou ao G1.

Há também ameaças de morte por áudios. Em uma das falas, o comandante afirma que "não existe segredo entre dois, um tem que morrer" e "quem não tem problema na vida, está no cemitério".
Yahoo Notícias

Zidane tem quatro possíveis 'destinos' e até uma surpresa após deixar o Real Madrid


Após deixar o Real Madrid um ano antes do final do contrato, Zinedine Zidane ainda não divulgou quais serão seus próximos passos. O jornal espanhol "Mundo Deportivo" apontou quais poderão ser os quatro possíveis destinos do treinador.

Juventus
Ídolo da "Velha Senhora", Zidane tem seu nome ligado como possível comandante do clube de Turim há alguns anos. Pirlo não deve continuar no cargo.

Ano sabático
É uma possibilidade muito real, considerando como é Zidane. Era isso que ele planejava fazer ao deixar o Real Madrid em 2018, mas não cumpriu porque foi chamado pelo clube merengue de volta em março de 2019.

Seleção da França
Ele é apontado até mesmo pelo atual técnico Deschamps como um sucessor natural ao cargo. A ideia seria assumir a equipe depois da Copa do Mundo de 2022.

Destino surpresa
Zidane pode ter um "ás na manga" e ir para uma equipe inesperada. Há rumores de que seu futuro possa estar na Premier League.Zinedine Zidane cabisbaixo após vice-campeonato do Real Madrid em LaLiga Getty Images

Esta foi a segunda passagem de Zidane como técnico do Real Madrid, iniciada no fim da temporada 2018/19. Foram 114 jogos na segunda passagem e os títulos da Supercopa da Espanha e de LaLiga.

Na primeira, entre janeiro de 2016 e julho de 2018, em 149 jogos, conquistou três Champions League, uma LaLiga, uma Supercopa da Espanha, duas Supercopas da Uefa e dois Mundiais de Clubes da Fifa.
ESPN

Decreto com toque de recolher no RN é prorrogado até 12 de junho, decide Fátima Bezerra

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), anunciou que o atual decreto com medidas restritivas será prorrogado até o dia 12 de junho. O anúncio foi feito pela gestora por uma rede social na tarde desta quarta-feira 26 – um dia antes do atual decreto vencer. “Decidimos pela prorrogação das medidas sanitárias estabelecidas no atual Decreto até o 12 de junho para todos os municípios, exceto para aqueles alcançados pelos decretos regionais do Estado ou por decretos municipais que tenham medidas mais restritivas”, escreveu a governadora em seu Twitter. Entre as medidas que visam combater o avanço da pandemia da Covid-19, há o toque de recolher no período noturno, entre 22h e 5h, diariamente, incluindo domingos e feriados. Além disso, está autorizada a venda e o consumo de bebidas alcoólicas em estabelecimentos comerciais e também em locais públicos. Bares, restaurantes, Food parks e similares ganharam mais uma hora de funcionamento: todos os dias da semana, das 11h às 22h, com tolerância de 60 minutos para o encerramento das atividades presenciais. Os restaurantes localizados no interior de hotéis e pousadas podem funcionar até meia-noite para atendimento aos hóspedes. Governo do RN publica decreto e implanta toque de recolher em 15 cidades das Regiões Central e do Vale do Açu O Governo do Rio Grande do Norte publicou nesta terça-feira, 25, um decreto que estabelece medidas restritivas ao enfrentamento da pandemia de COVID-19 em 15 municípios das Regiões Central e do Vale do Açu. O decreto passa a valer a partir desta quarta-feira, 26 de maio e terá validade até o dia 6 de junho. De acordo com o decreto publicado em edição extra do Diário Oficial do Rio Grande do Norte, fica determinado toque de recolher das 20h às 6h do dia seguinte de segunda a sábado. Aos domingos e feriados, o toque de recolher será integral. Ficam permitidas apenas as atividades consideradas essenciais. Um trecho da publicação do Decreto Nº 30.606, diz descreve como “grave cenário epidemiológico e assistencial, que repercute na dificuldade dos sistemas de saúde municipal e estadual em absorver os casos identificados na localidade”, referindo-se às regiões Central e do Vale do Açu. A medida vale para os seguintes municípios: Açu Afonso Bezerra Alto do Rodrigues Angicos Carnaubais Fernando Pedroza Ipanguaçu Itajá Lajes Paraú Pendências Porto do Mangue São Rafael Serra do Mel Triunfo Potiguar.
Agora RN

Passagem de ciclone deixa pelo menos dois mortos na Índia

O ciclone Yaas, a segunda tempestade a afetar a Índia em menos de duas semanas, tocou o solo nesta quarta-feira (26), no estado de Odisha, costa leste do país, e provocou duas mortes em Bengala Ocidental.

“O centro do potente ciclone Yaas está a 50 quilômetros ao sul-sudeste de Balasore, em Odisha”, informou no Twitter o serviço meteorológico indiana. O fenômeno atingiu a região às 3H30 GMT (0H30 de Brasília).

O governo de Bengala Ocidental anunciou que duas pessoas morreram na passagem do ciclone.“Uma foi arrastada pelo mar e outra morreu no desabamento de sua casas no distrito de Midnapore Oriental”, disse Mamata Banerjee, primeira-ministra do estado.O departamento meteorológico indiano anunciou a previsão de ventos de até 185 km/h e advertiu para o risco de aumento de até três metros do nível do mar.

Mais de 1,2 milhão de pessoas que vivem ao longo da costa do Golfo de Bengala foram retiradas de suas casas, de maneira preventiva, na segunda-feira e terça-feira.As autoridades de Calcutá, a capital de Bengala Ocidental, ordenaram o fechamento do aeroporto internacional durante a maior parte da quarta-feira.

O aeroporto de Bhubaneswar, capital de Odisha, também interrompeu as atividades.

“Cada vida é preciosa”, disse o primeiro-ministro de Odisha, Naveen Patnaik, que pediu à população que “não entre em pânico” e permaneça afastada da costa.

Quase 4.800 funcionários das equipes de emergência foram mobilizados nos dois estados ameaçados, informou a Força Nacional de Resposta a Desastres.

Odisha e Bengala Ocidental estão gravemente afetados pela segunda onda de coronavírus, que matou na Índia mais de 120.000 pessoas nas últimas seis semanas e mais de 300.000 desde o início da pandemia.

Alguns dos ciclones mais violentos da história da Índia foram formados no Golfo de Bengala, incluindo um que matou 500.000 pessoas em 1970 na região que depois conquistou a independência da Índia e se tornou Bangladesh.
Revista Isto é


"MAGAZINE LUIZA"

Máquina de Tosa Sem Fio Profissional para Cachorros e Gatos Kemei km-1991



De R$ 199,00
por R$ 189,00
ou em 6x de R$ 31,50 sem juros

Acesse agora




 "MAGAZINE LUIZA"

Tablet Samsung Galaxy A7 64GB Wi-Fi Tela 10.4" Octa-Core 2.0GHz - Grafite


                                            R$ 1.250,10 à vista (10% Desc. já calculado.)

ou R$ 1.389,00 em 12x de R$ 115,75 sem juros



TJRN concede mandado de segurança a advogados para que Fátima preste contas das ações do Governo no combate à Covid
                                         
O Tribunal de Justiça do RN concedeu mandado de segurança impetrado pelos advogados Dina Perez, André Santana e Fernando Pinto para que a governadora do Estado, Fátima Bezerra, preste contas dos atos do Governo do RN no combate ao Covid-19 diante da omissão e falta de publicidade.

A ação que tramitava há quase um ano teve sua decisão na semana em que a governadora pode enfrentar a abertura de uma CPI na Assembleia Legislativa que irá apurar se houve irregularidades da gestão nos recursos e enfrentamento ao Covid-19.

A decisão do TJRN é a segunda no país para um gestor prestar contas sobre as ações contra Covid. Anteriormente o prefeito de Salvador ACM Neto também foi alvo de mandado de segurança.
Justiça Potiguar


 "Lojas Magazine Luisa"

Promoção do dia

Aparelho Transforma sua TV em Smart super pro - Ott



R$ 194,39 à vista (10% Desc. já calculado.)

ou R$ 215,99 em 6x de R$ 36,00 sem juros

Acesse agora e aproveite a Promoção


PF intervém em garimpo ilegal e garimpeiros fecham município no Pará em protesto

Após ação da Polícia Federal contra garimpos ilegais nas Terras Indígenas Munduruku e Sai Cinza, no sudoeste do Pará, na manhã desta quarta-feira (26), garimpeiros foram às ruas protestar e fecharam o município de Jacareacanga. Nos últimos dias, a corporação intensificou o cerco contra a mineração na região.

Em motos, os garimpeiros seguiram até o território Munduruku e incendiaram a casa de Maria Leusa Munduruku, além de cortarem a energia e a internet do local. De acordo com o relato de moradores da região, os homens ameaçam subir o rio Kururu até a Aldeia Santa Cruz, para atacar Ademir Kaba, liderança local que luta contra a presença dos garimpos na região.


Outra manifestação foi marcada para a tarde desta quarta-feira. Dessa vez, no município de Itaituba, também no Pará. Na imagem usada para divulgar o ato, entre as informações aparece a sentença: “Garimpeiro não é bandido”. Em áudios que circulam nos celulares dos moradores da região, os garimpeiros explicam o protesto.

“Só hoje, eles já destruíram várias máquinas na região de mineração. Jacareacanga depende do garimpo para sobreviver, se deixarmos mais um dia, amanhã são mais 15 máquinas que eles vão queimar. Quero ver se sai umas dez mil, trinta mil pessoas. Índio ou não-índio, hoje nós somos um povo só, todo mundo é igual. Vamos todos para o aeroporto. Já temos o apoio do vice-prefeito, o Valmar”, explica o garimpeiro, fazendo referência a Valmar Kaba (Republicanos).

“Temos que ir nos comércios amanhã e fechar a porta, todo mundo depende do garimpo. Fecha a porta e coloca todo mundo, todos os funcionários lá na praça. Está tendo operação hoje, ninguém está comprando”, explica outro garimpeiro.

No último dia 13 de maio, a Polícia Federal prendeu Gilson Spier, conhecido como Polaquinho, acusado de manter um esquema para extração ilegal de ouro na Terra Indígena Munduruku. Ele é filiado ao DEM de Jacareacanga desde 5 de outubro de 2011.

A Operação Mundurukânia da Polícia Federal conta com o apoio do Ibama, Força Nacional, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Civil. A operação é consequência da decisão do ministro Luis Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), que determinou que os organismo de segurança garantam o isolamento dos povos indígenas durante a pandemia.

Em Jacareacanga e Itaituba, os agentes da Polícia Federal investigam os crimes de exploração ilegal de matéria-prima pertencente à União, delito contra o meio ambiente e associação criminosa.

Edição: Vivian Virissimo

Auxílio emergencial 2021: veja datas de pagamento e saque para público geral e Bolsa Família

A Caixa Econômica Federal (CEF) irá pagar hoje, quinta-feira, 27 de maio, a segunda parcela do auxílio emergencial para os nascidos em outubro e para os beneficiários do Bolsa Família com Número de Inscrição Social (NIS) de dígito final 8. Conforme as regras do benefício, para o público geral, o dinheiro será depositado nas contas poupança digitais e poderá ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem. O saque em espécie ou transferência para uma conta-corrente somente ficará disponível entre duas a três semanas após o depósito.

Veja mais abaixo a tabela completa e atualizada com as datas para o público em geral e beneficiários do Bolsa Família.

Os pagamentos antecipados da segunda parcela do auxílio emergencial de 2021 iniciaram no domingo, 16. Os primeiros beneficiários a receber os recursos em suas contas digitais são os nascidos em janeiro.

PUBLICIDADE

De acordo com a Caixa, o calendário será finalizado em 17 de junho. Inicialmente, o cronograma encerraria em 8 de julho. Para beneficiários do Bolsa Família, o calendário permanece inalterado, com pagamentos começando em 18 de maio. Confira as novas tabelas e calendário ao fim do texto.

Em 16 de maio, receberam o valor na Poupança Social da Caixa, pelo aplicativo Caixa Tem quem se cadastrou pelo Cadastro Único do Governo Federal (CadÚnico), pelo aplicativo ou pelo site do auxílio emergencial, que tenha nascido em janeiro. Nos dias seguintes, os pagamentos seguem o mês de nascimento do beneficiário. Nascidos em dezembro são os últimos a receber o valor, em 30 de maio.

Da mesma forma, a liberação dos valores para saque e transferência começa em 31 de maio para nascidos em janeiro e segue a ordem do mês de nascimento, com aniversariantes de dezembro tendo o valor liberado em 17 de junho. Para a primeira parcela do auxílio emergencial de 2021, o calendário de saques começou em 30 de abril.

Para beneficiários do Bolsa Família, o pagamento segue inalterado, em calendário próprio, com pagamento último dígito do Número de Identificação Social (NIS). Para estas pessoas, o valor é liberado para saque imediatamente, e as datas vão de 18 de maio (NIS final 1) a 31 de maio (NIS final 0).
Segunda parcela antecipada do auxílio emergencial 2021: novo calendário de pagamento (depósito na Poupança Social)

Nascidos em janeiro: 16 de maio

Nascidos em fevereiro: 18 de maio

Nascidos em março: 19 de maio

Nascidos em abril: 20 de maio

Nascidos em maio: 21 de maio

Nascidos em junho: 22 de maio

Nascidos em julho: 23 de maio

Nascidos em agosto: 25 de maio

Nascidos em setembro: 26 de maio

Nascidos em outubro: 27 de maio

Nascidos em novembro: 28 de maio

Nascidos em dezembro: 30 de maio

Segunda parcela do auxílio emergencial 2021: novo calendário de saques com tabela atualizada

Nascidos em janeiro: 31 de maio

Nascidos em fevereiro: 1º de junho

Nascidos em março: 2 de junho

Nascidos em abril: 4 de junho

Nascidos em maio: 8 de junho

Nascidos em junho: 9 de junho

Nascidos em julho: 10 de junho

Nascidos em agosto: 11 de junho

Nascidos em setembro: 14 de junho

Nascidos em outubro: 15 de junho

Nascidos em novembro: 16 de junho

Nascidos em dezembro: 17 de junho

Segunda parcela do auxílio emergencial 2021: calendário atualizado para beneficiários do Bolsa Família

NIS com final 1: 18 de maio

NIS com final 2: 19 de maio

NIS com final 3: 20 de maio

NIS com final 4: 21 de maio

NIS com final 5: 24 de maio

NIS com final 6: 25 de maio

NIS com final 7: 26 de maio

NIS com final 8: 27 de maio

NIS com final 9: 28 de maio

NIS com final 0: 31 de maio

Agência Brasil


Policiais suspeitos de integrar facção em Fortaleza e Caucaia são alvos de operação

Ministério Público deflagrou na manhã desta quinta-feira, 27, operação contra integrantes de organização criminosa e policiais. São 21 mandados de prisão preventiva contra integrantes de facções e cinco contra policiais militares de Fortaleza e de Caucaia. A 3ª fase da Operação Gênesis conta com Coordenadoria Integrada de Planejamento Operacional (COPOL), da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), e da Secretaria de Administração Penitenciária do Estado (SAP).

Segundo as investigações, uma facção criminosa de atuação nacional, por meio de representações locais, se uniu com outras organizações criminosas de menor porte para atuar no bairro Bom Jardim, em Fortaleza, e adjacências, com o intuito de expandir a atuação do tráfico e drogas.O grupo também é apontado na execução de outros crimes, como homicídios, corrupção ativa, lesões corporais, ameaças, lavagem de dinheiro e associação para o tráfico. De acordo com o MPCE, o esquema contava também com a participação de policiais militares, que ou atuavam diretamente ou se omitiam propositalmente. Eles teriam a função de retirar qualquer obstáculo ao funcionamento das atividades ilícitas em troca de vantagem financeira.

Diligências

Em sua terceira fase, a investigação teve início no final do ano de 2016, com o objetivo de desarticular as grupos ligados a organizações criminosas, responsáveis pelo tráfico de drogas e armas, assaltos e homicídios na capital cearense e região metropolitana. Durante a investigação, foi possível identificar o envolvimento de traficantes com policiais, que se estruturaram de forma organizada para realizar vários crimes.

De acordo com o Ministério Público, a organização criminosa era integrada, em sua maioria, por agentes e ex-agentes de segurança pública do Estado, além de pequenos e médios traficantes locais. Entre os crimes que o grupo teria cometido, estão: extorsão, organização criminosa e comércio ilegal de arma de fogo.

As investigações apontam que alvos dos policiais eram cuidadosamente escolhidos entre traficantes com considerável poder aquisitivo ou que já tinham alguma passagem pela polícia, o que facilitava as exigências, as abordagens e o alcance das vantagens almejadas pelo grupo. Os agentes públicos tinham acesso ao sistema de informações da Polícia para selecionar as “vítimas” e planejar as ações.
O Povo Online

Câmara aprova MP do novo salário mínimo de R$ 1.100,00

A Câmara aprovou hoje, 26, o texto-base da Medida Provisória (MP) que fixou o salário-mínimo no valor de R$ 1.100. Trata-se de um aumento de 5,26% (R$ 55) em relação ao valor do ano passado, de R$ 1.045. A MP ainda passará por análise do Senado.O valor proposto pelo governo para este ano corresponde à variação de 5,22% para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), no período de janeiro a dezembro de 2020. O INPC apura a inflação mensal das famílias com renda de um a cinco salários-mínimos. Como os preços subiram neste ano, as projeções do governo mudaram. Na proposta de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) havia sido sugerido um mínimo de R$ 1.088.

Alguns deputados reclamaram do reajuste fixado pelo governo. Para eles, o aumento não contempla a escalada da inflação e da crise econômica gerada pela pandemia. “Sabemos que é importante qualquer reajuste que seja, embora seja indigno no mesmo momento que a inflação está descontrolada, que aumenta o desemprego, que há insegurança alimentar da população, a contrapartida seja um aumento de apenas 5% [no salário]”, disse Tadeu Alencar (PSB-PE).Representantes da base governista afirmaram que o governo fez o possível com o reajuste. “Claro, se o presidente Bolsonaro pudesse dar um aumento muito maior, ele daria. Mas não tem previsão orçamentária para uma correção maior. Foi a correção possível. Se tivéssemos possibilidades, um reajuste muito maior seria oferecido”, disse o deputado Sanderson (PSL-RS).
O Povo Online

CPI da Pandemia ouve o diretor do Instituto Butantan nesta quinta-feira


Dimas Covas deve responder a questões sobre a produção do imunizante e a relação do Butantan com o governo federal. Desde o ano passado, o fármaco se tornou alvo de disputa política entre o presidente Jair Bolsonaro e o governador de São Paulo, João Doria. Bolsonaro chegou a dizer várias vezes que a vacina não seria adquirida pelo Brasil. Até o momento, o antígeno é o que mais foi aplicado no país.

“É necessária a oitiva do senhor Dimas Tadeu Covas para que esclareça todos os detalhes da atuação do Instituto Butantan desde o início da pandemia, especialmente com relação à produção de vacinas”, afirmou Alessandro Vieira.

Na última quarta-feira, 19, no primeiro dia de seu depoimento à CPI, o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello foi amplamente questionado sobre falas do presidente Bolsonaro contrárias à aquisição da CoronaVac.

Ao negar pressão presidencial contra a compra da vacina, Pazuello foi contestado por diversos senadores. Fabiano Contarato (Rede-ES) afirmou que, após crítica de Bolsonaro ao imunizante, o Ministério da Saúde cancelou a intenção de compra que havia anunciado, opinião ratificada por Zenaide Maia (Pros-RN), para quem o presidente da República "desautorizou" Pazuello no episódio da CoronaVac.

O senador Humberto Costa (PT-PE) apresentou uma gravação com o presidente Bolsonaro dizendo que havia dado ordens para que não houvesse compra da CoronaVac. Ainda assim, o general negou que o presidente tenha ordenado que o contrato não fosse assinado, ainda em 2020.

Outros depoimentos

Dimas Covas será o décimo a depor na CPI, que apura ações e possíveis omissões do governo federal no enfrentamento da crise sanitária, bem como eventual desvio de verbas federais enviadas a estados e municípios. Também já foram ouvidos os ex-ministros da Saúde, Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich, o atual titular da pasta, Marcelo Queiroga, o presidente da Anvisa, Antonio Barra Torres, o ex-chefe da Secom Fabio Wajngarten, Carlos Murillo, representante da farmacêutica Pfizer, o ex-chanceler Ernesto Araújo, o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello a secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro.
Agência Senado

quarta-feira, 26 de maio de 2021

            Maior loja de moda gestante do país


Visite nossa Loja Virtual e desfrute do melhor da moda para gestante no Brasil

 https://apretailer.com.br/.../172656/266364/subaccount

CNH Digital: 10 milhões de condutores já utilizam o aplicativo; saiba como instalar e validar o app de graça sem precisar ir no DETRAN


Você sabia que não precisa mais carregar no bolso sua carteira de motorista em papel? Isso porque todas as unidades da federação já aderiram à Carteira Nacional de Habilitação (CNH) digital, que pode ser baixada por meio de um aplicativo de smartphone.

Dessa maneira, basta ter a CNH inserida no aplicativo e portar o celular. Pela lei, ao abordar o cidadão, toda autoridade de trânsito é obrigada a aceitar a versão digital do documento.O Brasil superou a marca de dez milhões de condutores com a versão digital da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Os dados foram divulgados pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e mostram que, de fevereiro até outubro deste ano, o número de motoristas que optaram pela versão virtual do documento aumentou quase 80%.

Ao todo, o número de usuários que possuem a carteira digital de trânsito (CDT), aplicativo que guarda a CNH, chegou a 9.116.328. Em todo o país, cerca de 45 milhões de motoristas possuem a CNH com QR code, item obrigatório para usar o serviço.

Um dos fatores que pode ter ajudado a acelerar a popularidade do serviço foi a pandemia do novo coronavírus, que obrigou unidades presenciais dos departamentos responsáveis pela regulação de trânsito a fecharem as portas durante os períodos de isolamento social.

A validade da carteira, assim como outros itens digitais como o Certificado de Registro do Veículo (CRV) e o Documento Único de Transferência (DUT) passaram a integrar o texto do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), em nova lei sancionada em outubro pelo presidente Jair Bolsonaro.

Confira abaixo o passo a passo para utilizar a CNH digital.

1. Baixe o aplicativo Carteira Digital de Trânsito, desenvolvido pelo Serpro e disponível para iOS e Android.

2. Ao abrir o aplicativo, você precisará de um cadastro de usuário junto ao Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

3. Preencha o CPF e clique em “Continuar”. Depois insira os dados pedidos no formulário, como nome, data de nascimento, e-mail e senha escolhida.

4. Será enviado um link de validação da conta para o e-mail cadastrado. Clique no link.

5. Agora é preciso validar os dados da CNH digital no aplicativo

6. Para validar os dados da CNH digital, o aplicativo oferece três opções: biometria; com certificado digital; sem certificado digital.

6.1. O usuário pode tentar fazer a validação por meio do próprio celular, através de reconhecimento facial.

6.1.1. Clique no ícone verde com um “+” para incluir um documento digital de trânsito.

6.1.2. Clique em CNH digital, depois em “validação pelo celular” e, em seguida, no botão “validar pelo celular”.

6.1.3. Insira o CEP do endereço informado quando sua CNH foi emitida ou renovada e clique em “avançar”.

6.1.4. Siga as instruções para que o aplicativo leia o QR Code impresso em sua CNH. Serão cinco tentativas de realizar o procedimento.

6.1.5. Siga as instruções para realizar o reconhecimento facial. Serão 10 tentativas. Caso não seja possível concluir o procedimento com sucesso, o usuário deverá realizar a validação dos dados da CNH via certificado digital ou indo presencialmente a Detran de sua unidade federativa.

6.2. O usuário que já tiver um certificado digital, pode proceder a validação dos dados de sua CNH digital diretamente no site da Denatran.

6.2.1. Clique no ícone verde com um “+” para incluir um documento digital de trânsito.

6.2.2. Clique em CNH digital, depois em “Possuindo certificado digital”.

6.2.3. No navegador do celular ou do computador, acesse o portal de serviços do Denatran.

6.2.4. Para realizar o login com seu certificado digital, clique o no ícone para tal. Após isso, verifique se o seu nome do usuário aparece em destaque no canto direito da página.

6.2.5. Clique em “Meus Dados”, preencha o formulário e clique no botão “Alterar”.

6.2.6. Para concluir a ativação, clique em “CNH Digital – Ativação”, e depois clique no botão “Ativar”.

6.3. Quem não tiver o certificado digital e não conseguir fazer o procedimento de reconhecimento facial pelo aplicativo deve se dirigir ao Detran local para fazer a validação dos dados da CNH digital presencialmente.

7. Após a validação dos dados da CNH digital, o usuário deve inserir o documento no aplicativo.

7.1. Clique no ícone verde com um “+” para incluir um documento digital de trânsito.

7.2. Clique em CNH digital, em seguida insira o número de sua CNH.

7.3. Insira o código de segurança da CNH, que vem impresso no documento.

7.4. Após a conferência, clique no botão “OK” e, em seguida, em “Baixar CNH”.

7.5. O aplicativo irá pedir a criação de uma chave de acesso, um PIN de quatro números a ser utilizado para acessar o documento. Conclua o cadastro do PIN.

8. Se você já tiver validade os dados de sua CNH por meio de certificado digital, ao clicar em CNH digital, o aplicativo seguirá direto para o cadastro do PIN.9. Após o cadastro do PIN, a sua CNH digital constará na tela inicial do aplicativo CNH digital. Para acessá-la, bastar clicar em cima do ícone que leva ao documento e inserir o PIN. A imagem de sua CNH, frente e verso, estará disponível para conferência, com a mesma validade do documento original em papel.
Gazzeta do Recôncavo

Bolsonaro decide enviar ao STF uma ação questionando as medidas restritivas na pandemia

                                      

Jair Bolsonaro vai enviar nos próximos dias ao STF uma ação questionando as medidas restritivas impostas por governadores e prefeitos na pandemia.

A ação, que está sendo formatada na AGU, é uma versão light da ameaça feita duas vezes no início do mês por Bolsonaro de editar um decreto contra as restrições ("Tenho falado que se baixar o decreto, que já está pronto, todos cumprirão").


A ideia da ação, que será trabalhada como uma forma mais republicana de se discutir o tema, é abordar os critérios das medidas baixadas por governadores e prefeitos.

Sua origem está num encontro fora de agenda ocorrido na semana passada entre Bolsonaro e Luiz Fux, presidente do Supremo. Nele, Fux demoveu o presidente da obsessão por editar o tal decreto.
O Globo



POLÍCIA APREENDE DROGAS NO EQUADOR COM A FOTO DO ATACANTE HULK Na verdade muita coisa não está esclarecida, as investigações continuam e o g...